.mais sobre mim

.Horas

.Neste momento

online

.links

.Já passaram por aqui

Free Web Counters

.tags

. amor

. Autor:António

. maria

. para as sete maravilhas dos blogs

. pintado por maria

. pintura

. poesia do antónio

. quadro da maria

. todas as tags

.leva-me contigo

Link-Me



Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Quinta-feira, 28 de Junho de 2007

Duas faces

Pertencer-te? Nem a mim me pertenço.
Não sei quem sou nem sei se irei saber,
Quero ser ilha a ver se este mar venço...
Impeço-me de amar, de alguém escolher.
Tu pedes-me o infinito. Sou só estrela,
Dama de honor da Lua que é a mais bela.

A ninguém não pertenço. Alguém virá,
Encher-me o leito de formosas flores,
Desinteressadamente... Quem será,
O princípe encantado de mil cores?
Fixam-se de noite os olhos tristes,
E ao que te peço, à verdade, resistes.

O que é o Amor? Sei lá o que é o Amor.
Sei só que a minha boca não profere,
Palavra apetrechada dessa dor,
Cravada a quem não escolhe e alguém prefere.
Sabes? Não devias tanto ouvir-me,
Antes do amor eu quero descobrir-me.

Os beijos dados doces são. Porém,
Porque não cravas na mente as imagens.
Mesmo divagações de louco, há quem,
Nem uma tem, quieto nas ramagens.
Abraços são delícias, são prazeres,
E nada tens mais para me ofereceres.

Ó vida feita de tantos enganos:
Que amor é esse que tanto nos crava,
A garra adunca de mil desenganos
Amando mais quem sempre me enganava?
Que Amor se chama este que renuncia,
A pura liberdade, a poesia?

Como posso eu, perdida, exausta e louca,
Receber teu condão cativo em mim,
Se provo o fel da minha própria boca,
Que NÃO me deixa, anjo, dizer-te SIM?
Mas rasga este me peito de ansiedade
Devolve-me num beijo a liberdade!

António


publicado por Maria às 22:50

link do post | comentar | favorito
|

15 comentários:
De Maria a 2 de Julho de 2007 às 21:05
A poesia é sempre bonita pois desenha os sentimentos de quem escreve. Beijinho.


De criar e ousar a 6 de Julho de 2007 às 18:16
Que beleza. Muita emotividade. Quem é o Abntónio?

Um beijinho Aida


De Cöllyßry a 23 de Agosto de 2007 às 21:41
O amor é sentir a emoção o bater do coraºão à flor da oele, e muito muito mais...

Doce beijo


De Cöllyßry a 7 de Outubro de 2007 às 19:15
Querida amiga, há poemas que não sei comentar...este arrebatado é um deles...belo é

Te deixo meu doce beijo


De carla granja a 26 de Outubro de 2007 às 13:09
UM BELO POEMA SEM DUVIDA E K EM TODOS OS VERSOS TÊM MUITO A DIZER E A REFLECTIR. O POEMA É PARA O ANTONIO:) ~
BJO~
BOM FIM DE SEMANA
CARLA GERANJA


De Cöllyßry a 6 de Novembro de 2007 às 17:46
Olá querida, voltei...

Não pretence-mos, mesmo a ninguem, o estar viver
não significa posse...
Mantem sempre a Tua liberdade que é muito importante...

Bjca doce e terna


De joselessa a 18 de Novembro de 2007 às 11:16
Bom dia Maria.
A beleza das tuas palavras vão ao encontro do teu nome, Maria.
Vim a este cantinho para te agradecer o comentário no meu blog e deparei-me com esta maravilha de poema, fiquei sem palavras, eu que sou um eterno romantico...
...Mas a ver o que escreves e como escreves eu sou um "aprendiz".
Nestas coisas só a vida nos ensina e embora goste de amar, seja o que for, amo intensamente.
Amo a vida, os animais, as pessoas, o mar, enfim tudo que me rodeia, mas a complexidade do ser humano por vezes incomoda-me e principalmente intristece-me, mas isto será tema de uma outra conversa...
Obrigado pelas tuas palavras e desejo-te tudo de bom na vida e prometo vir visitar-te mais vezes.
José Lessa


De Arte por um Canudo a 31 de Dezembro de 2007 às 18:31
A beleza do poema em sintonia com a beleza da pintura.O amor não pertence a ninguém e circula como o vento pousando em quem mais o aprecia.Não é preciso ser de ninguém para se procurar o amor. Bem...cheguei aqui e gostei. FELIZ ANO NOVO.


De Arte por um Canudo a 31 de Dezembro de 2007 às 18:36
A beleza do poema em sintonia com a beleza da pintura.O amor não pertence a ninguém e circula como o vento pousando em quem mais o aprecia.Não é preciso ser de ninguém para se procurar o amor. Bem...cheguei aqui e gostei. FELIZ ANO NOVO.


De cõllybry a 7 de Janeiro de 2008 às 17:43
Querida Maria,vivemos uma visa sem se saber quem somos, mas bem lá no fundo nossa Alma nos diz...só saber escutar...amor sentimento que brota em nós
mas que teimam em prender....

Doce meu beijo


De sonhador a 15 de Janeiro de 2008 às 23:06
Boa noite minha fofinha amiguinha!

Venho fazer o que estou em falta,mas sabes que estou ausente por motivos pessoas,mas não quero ir para a caminha,sem antes escrever isto...

Chuva
Gota
Água que rola
Molha
O íntimo
Dos nossos sonhos
Se sonho
Se ando
Até quando!
Ao lado
Perfilando
O nada
O quase
Do rítimo
Da catarse
Desse instinto
Rindo
Bandido
Que come
Tu!
Na umidade do ar
No escambo de ti
Bem no meio
Da letra
Quando enfim
Domino
Predomino
E a teu desejo!

Beijinhos querida,tudo de bom pra ti,porque bem mereces.

Sonho


Comentar post

.Fevereiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29


.pesquisar

 

.As minhas nomeações

thinking blogger Award Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket blog do cupido... Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket Nomeado....meu blog fala do amor Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket 7 Maravilhas da BlogoEsfera Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

.posts recentes

. Primeiro Amor

. Duas faces

. nomeada para as sete mara...

. Obrigado meu querido amig...

. Ode a Wicca

. Existência

. Indecisão

. Indecisão

. ...

. Navegar

. Amor em silêncio

. ...

.arquivos

. Fevereiro 2008

. Junho 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Junho 2006

.favorito

. Um amor… Um coração… Uma ...

. A ti que me lês...

. por toda a cidade...

.Música

blogs SAPO

.subscrever feeds