.mais sobre mim

.links

.tags

. amor

. Autor:António

. maria

. para as sete maravilhas dos blogs

. pintado por maria

. pintura

. poesia do antónio

. quadro da maria

. todas as tags

Sexta-feira, 9 de Junho de 2006

Navegar

Cerra os dentes quem no céu impera,
Enegrecendo a costa e o mundo inteiro,
E um coração inquieto por ninguém espera
Dançando em ritmo exacto e verdadeiro.
"Para onde vais, meu bravo navegador,
Sem conheceres o sabor do desespero?
Põe freio aos teus impulsos, pois causador
De angústias, o mar altivo, é o mais fero."
Trancou portas aos seus tenros ouvidos
E fez-se ao mar sem pensamentos absorto,
Tornou-se por entre os outros mais conhecidos,
Aquele que atracou em luzídio porto.
Passaram os anos como areia entre os dedos,
Sem se ver mais quem foi superar seus medos.

publicado por Maria às 22:13

link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De amor_perfeito a 21 de Junho de 2006 às 20:00
Palavras são como quadros, só dizemos as que sentimos e só pintamos o que nos vai na alma..Bonito!!beijocas


De matleo a 2 de Março de 2007 às 18:06
gosto muitos destes poemas mas podias escrever outras coisas
Adeus!!!!!!!!!!!!


De Sandy a 21 de Abril de 2007 às 23:01
Gostei imenso deste post porque fala dos nossos antepassados que não temeram o mar e seus "monstros marinhos", mas também porque continua a ser actual - os nossos pescadores e os do mundo inteiro continuam na conquista do alto mar, sem saber se um dia hão-de voltar. Uma mãe chora, uma esposa anseia, um filho questiona... "Ó mar salgado quanto do teu sal são lágrimas de Portugal" (Pessoa)
Beijokas.


De Henrique Mendes a 27 de Junho de 2007 às 00:43
querer partir, é já partir um pouco.
o navegador sempre parte antes.
sem pensamentos se faz ao mar, absorto.
absorto.
absorto...se perde como um tempo correndo como areia, entre os dedos

Lindo, teu poema.Verdadeiro.Abraço


Comentar post

.Fevereiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29


.pesquisar

 

.posts recentes

. Primeiro Amor

. Duas faces

. nomeada para as sete mara...

. Obrigado meu querido amig...

. Ode a Wicca

. Existência

. Indecisão

. Indecisão

. ...

. Navegar

. Amor em silêncio

. ...

.arquivos

. Fevereiro 2008

. Junho 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Junho 2006

.favorito

. Um amor… Um coração… Uma ...

. A ti que me lês...

. por toda a cidade...

blogs SAPO

.subscrever feeds